Segurança compartilhada com quem você confia!

Ele está o seu lado o dia todo. Vai ao banheiro, anda de ônibus, dorme ao seu lado e até almoça junto de você. O celular virou quase uma sombra das pessoas. Mas, você já parou para pensar na quantidade de sujeira que tem no seu aparelho carrega? Existem diversas pesquisas publicadas sobre o tema. Uma realizada pela Universidade do Arizona fala que o celular carrega 10 vezes mais bactérias que geram problemas estomacais do que a quantidade presente nos banheiros. É assustador a quantidade de sujeira. Isso acontece exatamente pelo fato do celular andar com você o tempo inteiro. Então, toda a sujeira que passa na sua mão, vai para o celular. Porém, a mão é lavada frequentemente. Já no celular, a sujeira só vai acumulando.

Para evitar carregar um foco de sujeira com você o dia inteiro, é importante fazer um processo de higienização no celular com uma certa frequência. Isso irá ajudar a matar as bactérias, vírus e outros parasitas que habitam no smartphone. Mas, é claro, é preciso ter cuidado para fazer a limpeza corretamente, para não estragar o aparelho.

Leia também: 6 dicas para cuidar da higiene do seu celular em tempos de coronavírus

Nesse artigo, você encontra as dicas do que fazer e do que não fazer ao limpar a tela do seu celular. Essas dicas servem também para o tablet, notebook e até para a televisão.

Dicas para limpar corretamente a tela do celular

Desligue o aparelho

É importante manter o aparelho desligado na hora de realizar os procedimentos de limpeza. Principalmente quando você vai utilizar alguns produtos líquidos. Isso porque, com ele ligado, as chances de acontecer um curto circuito é maior. Então, melhor não correr perigo à toa. Essa dica é importante seguir mesmo em aparelhos que sejam resistentes à água. E, não custa lembrar: também não faça isso quando estiver carregando o seu celular. É importante que a bateria não esteja em uso durante a limpeza.

Não utilize água

Essa dica parece meio óbvia. Mas não custa nada lembrar que aparelhos eletrônicos e água não combinam. Além do perigo de estragar o aparelho, a água quando evapora costuma deixar alguns resquícios de sujeira para trás. Então, além de perigoso acaba sendo pouco eficiente para o processo de limpeza.

O ideal é utilizar um produto específico para limpeza de telas de equipamentos eletrônicos. É fácil de encontrar esses sprays em supermercados, vendidos como “limpa telas”. Normalmente, custam na faixa de R$20,00 e muitas vezes vem com um pano de microfibra junto.

Além desse produto é possível também realizar a limpeza usando álcool isopropílico. Conhecido também por isopropanol, ele é indicado já que diferentemente da água, o álcool isopropílico consegue limpar sem deixar nenhum resquício de resíduos para trás. Por isso é ótimo para usar não só na limpeza da parte externa do smartphone, mas também na limpeza dos componentes internos. Porém, lembre-se de ter muito cuidado e atenção a quantidade de produto durante a limpeza.

Não é indicado utilizar álcool gel ou álcool normal que é utilizado na limpeza em casa. Não custa lembrar, mas além desses dois produtos evite detergente, limpa-vidro, removedor, entre outros produtos similares, pois eles podem provocar manchas permanentes na tela. Produtos abrasivos, como saponáceos, devem passar longe de qualquer tela.

Cuidado com a quantidade

Não é porque o produto é indicado para a limpeza, que você deve afogar o seu celular numa banheira de limpa tela ou álcool isopropílico. É muito importante tomar cuidado com a quantidade de produto que será usado na limpeza. No caso do limpa tela, que vem em um pote com spray, apenas uma borrifada do produto já é suficiente. Ou seja, usando uma quantidade mínima de limpa tela, além de economizar o produto você consegue um procedimento completo e eficiente da limpeza da tela. Quanto ao álcool, se possível, coloque um spray no pote para conseguir utilizar melhor o produto. Mas caso não tenha como, molho levemente uma parte do pano que irá passar na tela para fazer a limpeza.

Não jogue o produto diretamente na tela! Passe o produto no pano. E quando for para limpar telas maiores, como a do computador ou da televisão, uma borrifada pode não ser suficiente. Coloque um pouco mais, mas sempre observando se não está encharcando o equipamento.

Use um pano específico e de boa qualidade

É necessário ter um pano de qualidade para isso. De preferência para panos de microfibra para realizar a higienização. É importante que o pano esteja limpo e seco. Assim, não acontece de deixar nenhum fiapo na tela após a limpeza e é possível remover todo o produto. Caso ainda não tenha um pano nesse material, pode utilizar um tecido algodão 100%. Mas nesse caso, corre o risco de ficar alguns fiapos de tecido na tela.

Para uma limpeza mais profunda e completa, é interessante usar um cotonete para conseguir chegar nos cantinhos, como a parte onde sai o áudio no celular e as quinas da tela da televisão e do computador. Lembre-se de sempre usar uma quantidade mínima de produto.

Não custa reforçar, mas nunca use esponjas ou panos ásperos. Outro material que deve ser evitado é qualquer tipo de papel. Isso porque esses materiais podem riscar a tela durante a limpeza além de deixar alguns resquícios que podem ser difíceis de retirar. Tenha bastante atenção quanto a limpeza do tecido, para não ter nenhum farelo ou poeira. Essas sujeiras podem arranhar a tela do seu aparelho.

Passo a passo para a limpeza

Depois de todas as dicas de quais produtos usar ou não, nada melhor do que um passo a passo dos procedimentos para efetuar a limpeza correta do celular ou de qualquer outro equipamento similar.

Primeiro, desligue o aparelho. Lembre-se de não deixar o celular ou tablet carregando nesse momento.

Umedeça um pano de preferência de microfibra (mas pode ser utilizado algodão 100%), respeitando a quantidade ideal do produto (uma borrifada de spray é suficiente).

Faça movimentos circulares na tela e na parte de traseira do celular. Repita o movimento até sair todas as manchas. É importante que o movimento siga a mesma direção, para evitar marcas. Utilize um cotonete para limpar os cantinhos de mais difícil acesso.

Caso seja possível remover a tampa traseira do seu celular, pegue um outro pano e faça uma limpeza da parte interna antes de limpar a tela. Umedeça o pano corretamente e passe com cuidado, tanto na parte onde fica a bateria quanto na parte da tampa. A tampa pode ser limpa com mais intensidade, mas lembre-se de secar bem para evitar que sobre qualquer umidade em contato com a parte interna do celular.

Se for necessário, passe uma segunda demão de produto e repita os movimentos circulares para retirar qualquer sujeira que tenha permanecido.

Certifique que o celular está sem nenhuma marquinha. Caso ainda tenha algo, para retirar passe um pano bem seco. Assim, seu celular está bem limpinho, sem marcas e sujeiras.

Dicas extras

É importante lembrar que seu celular deve passar longe de mais alguns produtos ou práticas de limpeza, além dos que já foram citados anteriormente.

Ar comprimido: Se você tem o costume de dar uma famosa sopradinha para retirar sujeiras dos cantinhos dos aparelhos, está na hora de abolir esse hábito da vida. Isso porque esse sopro vem cheio de pequenas partículas de saliva e essa umidade faz muito mal para os eletrônicos.

Sabonete: Nunca utilize sabonete ou detergente em qualquer tela. Além de estragar a tela, a composição química desses produtos pode causar problemas na parte eletrônica do seu celular, computador, tablet ou televisão.

Vinagre: Muitas pessoas amam usar vinagre na limpeza da casa. Até em animais é comum utilizar esse produto. Porém, nunca passe vinagre para a limpeza dos eletrônicos. O produto é muito ácido e pode estragar o revestimento do seu aparelho.